Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Ensino Superior

Com quantos anos pode fazer faculdade?

Ensino Superior

Com quantos anos pode fazer faculdade?

Ensino Superior

Com quantos anos pode fazer faculdade?

Por EAD UNIFACEX em Jun 24, 2022 12:00:00 AM | 7 min de leitura

Você sabe com quantos pode fazer faculdade? Essa é uma dúvida muito comum entre aqueles que sonham em ingressar no ensino superior. 

E já de antemão respondemos: não existe uma idade ideal para cursar uma graduação, mas sim algumas condições de escolaridade que devem ser cumpridas para começar essa nova etapa. 

Quer descobrir quais são? Continue neste artigo e descubra se existe idade mínima e máxima para fazer faculdade

A seguir, também falaremos mais sobre as formas de ingressos na faculdade. Fique conosco e boa leitura!

Confira:
Existe idade mínima para fazer faculdade? 
E idade máxima? 
Como entrar na faculdade 
Estude em um dos melhores centros universitários do Brasil! 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Existe idade mínima para fazer faculdade? 

Não! 

Não há idade mínima para entrar na faculdade. O único requisito para ingressar no ensino superior é ter concluído o ensino médio. 

Muitas pessoas ainda acreditam que é preciso ter 18 anos para começar uma graduação, mas isso é um mito. Isso acontece porque, em geral, se termina a fase escolar perto dos 18 anos. 

E como o ensino médio completo é uma exigência para entrar na faculdade, muita gente associa as duas coisas.

>>> Leia mais: Como estudar em casa: dicas para você começar agora

E idade máxima? 

Também não!

Não há idade máxima para entrar na faculdade. Mesmo que exista ainda muito preconceito, nunca é tarde para iniciar uma graduação e correr atrás dos estudos. 

Você viu que recentemente um idoso de 96 anos se formou em História e Filosofia na Universidade de Palermo, na Itália? A idade é só um número, o principal aqui também é ter concluído o ensino médio e ter dedicação e empenho para dar início à graduação. 

Mas e se eu não concluí o ensino médio e não tenho mais idade para assistir aulas regulares na escola? Você pode fazer o ENCCEJA!

Como funciona o ENCCEJA 

O ENCCEJA é o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos. 

É uma prova gratuita e voluntária que serve para conceder periodicamente "certificados de conclusão de ensino fundamental" e "certificados de conclusão de ensino médio" para quem não teve oportunidade de concluir os estudos na idade escolar adequada.

As provas são aplicadas no mesmo dia (manhã e tarde); Podem participar brasileiros que tenham:

  • 15 anos ou mais de idade até a data da realização das provas para o ensino fundamental; 
  • 18 anos ou mais até a data da realização da prova para o ensino médio.

Para mais informações sobre o exame, acesse aqui!

com quantos anos pode fazer faculdade - lapelas sendo jogadas para o alto em formatura

Como entrar na faculdade 

Agora que você já sabe que não existe nem idade mínima nem máxima para entrar na faculdade, deve estar se perguntando: mas como eu faço para ingressar em um curso superior?

Atualmente, existem diversas formas de ingresso e processos seletivos. A seguir, apresentamos os principais:

Vestibular 

O vestibular foi por muito tempo a forma mais tradicional de acessar o ensino superior. 

Ele é basicamente uma prova, com questões objetivas e/ou redação, desenvolvida pelas próprias universidades em seus processos seletivos de novos alunos.  

Os candidatos com as notas mais altas no vestibular são selecionados para ocupar as vagas nas universidades.

Cada universidade tem liberdade para elaborar o seu próprio vestibular. Ou seja, não existe um modelo padrão que deve ser seguido por todas. 

Contudo, os mais tradicionais costumam cobrar conhecimentos nas áreas de exatas, humanas, biológicas e linguagens, além de uma redação. 

O número de questões e tempo de prova dos vestibulares também é variável. 

Há vestibulares de fase única e outros divididos em duas etapas eliminatórias: uma para testar os conhecimentos gerais e outra para os específicos. 

Por isso, caso você opte por fazer um vestibular — ou mais de um —, é importante estudar bem o modelo e resolver provas anteriores para ficar familiarizado com o concurso.

>>> Leia mais: Faculdade Semipresencial: o que é, como funciona e vantagens

Enem 

Antes de tudo, é importante ressaltarmos: o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), por si só, não é um processo seletivo. É a nota do exame que pode ser usada para concorrer às vagas nas universidades. 

Por isso, apenas fazer a prova do Enem não garante vaga em nenhuma universidade. Para isso, é preciso se inscrever nos processos seletivos que utilizam a nota do exame. Na sequência, falaremos mais sobre eles. 

O Enem foi criado para avaliar a qualidade do ensino médio no Brasil e continua a ter esse objetivo até hoje. 

No entanto, ao longo do tempo, ele ganhou mais importância e passou a ser usado também como critério de classificação em diversos processos seletivos para ingresso no ensino superior – substituindo até mesmo o vestibular em muitas universidades.

O Enem é aplicado em dois domingos, entre outubro e novembro, todos os anos. 

Ao todo, o exame tem 180 questões de múltipla escolha, que são distribuídas em quatro áreas do conhecimento:

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Biologia, Química e Física;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia e Sociologia;
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Português, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol); Artes, Educação Física e Tecnologias de Informação e Comunicação;
  • Matemática e suas Tecnologias.

Além de responder às perguntas, os estudantes também devem produzir uma redação dissertativa sobre um tema proposto no momento da prova. 

Só depois de realizar a prova do Enem e receber a nota do exame é que os estudantes podem usar o seu desempenho para ingressar no ensino superior. 

Abaixo, apresentamos os principais processos seletivos que utilizam a nota do Enem:

Sisu

O candidato que fez a edição mais recente do Enem e não zerou a redação pode se inscrever no Sisu (Sistema de Seleção Unificada). 

Ele é um programa do Ministério da Educação (MEC) que oferece vagas em universidades públicas de todo o Brasil, sem precisar fazer o vestibular próprio da instituição.

Ou seja, se você quer tentar vaga em mais de uma universidade pública, não é necessário fazer mais uma maratona de provas, basta o Enem.

O processo seletivo do Sisu é totalmente automatizado e utiliza as notas do Enem para classificar os candidatos — ou seja, só entram aqueles que tiverem a pontuação mais alta. 

A inscrição é gratuita e a seleção acontece duas vezes por ano.

Prouni

O Prouni (Programa Universidade para Todos) é um programa do Governo Federal criado para conceder bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Ele é voltado para instituições privadas de ensino superior.

Para participar do programa, é essencial ter feito o Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota maior do que zero na redação.

Podem concorrer às bolsas de estudos aqueles que atenderem aos critérios de renda familiar e escolaridade estabelecidos pelo programa.

Diversas universidades privadas aderem ao Prouni, que também tem seleção duas vezes ao ano.

Assim, se você deseja estudar em uma universidade particular com bolsa de estudos, se inscrever no Prouni é a melhor alternativa. 

FIES

A nota do Enem também é usada como critério para seleção do FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior). 

O FIES é um programa do MEC, criado em 1999, para financiar a graduação de estudantes matriculados em instituições de ensino superior particulares. 

Os valores financiados só começam a ser pagos depois da formatura, com prazo longo e juros baixos. 

Para concorrer ao programa, é preciso ter feito qualquer Enem a partir de 2010, desde que tenha alcançado desempenho de pelo menos 450 na média das provas e nota acima de zero na redação. 

Assim como o ProUni, o FIES também tem critérios de renda familiar e a seleção ocorre duas vezes por ano.

>>> Leia mais: Como a autodisciplina pode ajudar a manter a rotina de estudos

Formas de ingresso da EAD UNIFACEX

Além dos meios que citamos anteriormente, aqui na EAD Unifacex temos outras formas de ingresso para quem entrar na graduação. Confira:

Use sua nota do Enem

Aqui na EAD Unifacex, quem fez o Enem recentemente não precisa se preocupar com vestibular.

É possível utilizar a sua nota no exame para ingressar no curso EAD do seu interesse e ganhar bolsa de estudos de até 100%. 

Os estudantes podem usar notas do Enem de 2010 a 2021!

Vestibular Online

Na EAD Unifacex, até o vestibular é online! 

Ao fazer a sua inscrição e escolher o vestibular online, você receberá um link no seu e-mail. Aí é só se preparar para realizar a prova, que é uma redação. A avaliação tem valor máximo de 10 (dez) pontos. 

Para mais informações sobre as formas de ingresso da EAD Unifacex, acesse aqui!

Estude em um dos melhores centros universitários do Brasil! 

Você sabia que o UNIFACEX já recebeu duas vezes o reconhecimento de melhor centro universitário do Brasil pelo MEC? 

E nossos cursos EAD e semipresenciais têm qualidade igual à do presencial, com conteúdos exclusivos feitos por professores mestres e doutores.

As salas virtuais e conteúdos disponibilizados no Ambiente Virtual de Aprendizagem do UNIFACEX possibilitam que você estude nos horários e dias que forem melhores para você. 

Ou seja, você concilia estudos, trabalho e família e constrói seu futuro com qualidade.

Conheça nossos cursos EAD e comece hoje mesmo a trilhar seu caminho em direção ao ensino superior!

Use sua nota do ENEM para ganhar uma bolsa de estudos!

Ensino Superior

Veja mais conteúdos da UNIFACEX sobre EAD e educação

Mulheres na engenharia: inspire-se com a trajetória de 10 pioneiras

“Eu sempre quis ser engenheira, mas sentia como se mulheres não devessem estudar coisas como engenharia”. Essa fala é ...
9 min de leitura

Vida de Vestibulando: 7 fatos que ninguém te conta

A vida de um vestibulando não é nada fácil! 
9 min de leitura

As 5 funções da literatura e o impacto na educação

A literatura faz parte de todas as fases da vida escolar. Sua principal característica é retratar a vida, trazendo ...
7 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Ensino Superior