Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Mercado de Trabalho

O que faz um designer educacional e como seguir carreira na área

Ensino Superior

Gestão de RH: curso, mercado de trabalho e salário

Mercado de Trabalho

O que faz um designer educacional e como seguir carreira na área

Por EAD UNIFACEX em Jan 13, 2022 4:20:00 PM | 12 min de leitura

Você já ouviu falar na profissão de designer educacional? Este é o profissional que desenha e aprimora estruturas de aprendizagem dentro de uma instituição. 

O design educacional é uma etapa essencial do processo de ensino-aprendizagem porque faz parte tanto de cursos livres, graduação, pós-graduação e treinamentos específicos. 

Atualmente, o processo educacional de diversos níveis de estudo está sendo revisto, por isso não é mais aceitável um design educacional intuitivo. 

É preciso atuar com uma base sólida e que expressa as necessidades do público-alvo. E tudo isso reflete no trabalho do designer educacional, que é quem tem que pensar em como vai abordar o processo. 

Pensando nisso, nós trouxemos neste artigo um panorama do que é o design educacional, como ele vai além da criação de material didático e quais são as habilidades e competências necessárias para se tornar um designer educacional. 

Você vai conferir: 

O que é Design Educacional? 
As habilidades e competências de um designer educacional 
Além do livro didático: as oportunidades na área de Design Educacional 
A formação necessária para atuar como designer educacional 
Conclusão 

Receba dicas valiosas para acelerar sua carreira

O que é Design Educacional? 

O design educacional é uma área do conhecimento que trata do planejamento do projeto pedagógico de uma instituição de ensino. 

A principal função de quem realiza essa atividade é criar conteúdos e recursos que ajudem professores a criarem experiências significativas em sala de aula. 

O design educacional é uma área de conhecimento nova e que está ganhando cada vez mais destaque por conta das tecnologias da informação. 

Dentro das atividades da área está incluído agora pensar em como utilizar ferramentas digitais e dispositivos com finalidades pedagógicas. 

Devido ao crescimento da procura pela EAD, a profissão do designer educacional está se tornando comum e fazendo surgirem no Brasil diversos cursos de formação. 

Qual a diferença entre Design educacional e Design instrucional? 

Pode haver dúvidas entre o que seria o design educacional e o design instrucional, porém os dois são termos que podem ser usados como sinônimos. 

Entretanto, segundo estudiosos, podemos apontar algumas diferenças entre eles. 

O design instrucional seria uma abordagem com origens mais antigas, voltado ao planejamento de materiais didáticos e preocupado com estratégias de linguagem, métricas e aplicação de objetivos. 

Enquanto isso, o design educacional seria mais voltado para a interação do material com o estudante, tendo uma visão mais ampla do processo de ensino-aprendizagem e focando em equipes multidisciplinares. 

As habilidades e competências de um designer educacional 

A principal responsabilidade do profissional de design educacional, chamado de designer educacional, é planejar, coordenar e avaliar as estratégias educacionais. 

Isso significa que no dia a dia, ele pode estar envolvido com o desenho de um curso completo ou de fragmentos de aulas com riqueza de recursos. 

Ele também pode desenvolver material impresso, vídeos, ferramentas de Learning Management System (LMS), testes e diversos outros formatos. 

Apesar de ter focado na EAD no início da profissão, o designer educacional não precisa necessariamente desenvolver materiais e experiências educacionais para aulas online. 

Ele pode também desenvolver materiais para modalidades de ensino presencial e semipresencial. 

Por isso, uma das habilidades mais importantes do designer educacional é analisar e identificar as necessidades dos estudantes e o que a instituição de ensino pode oferecer nesse sentido. 

Em 2008, a função do designer educacional foi incluída na lista do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) como uma profissão oficial. 

Quanto ganha um designer educacional? 

Um designer educacional ganha em média, no Brasil, R$ 3.526,26 de acordo com o site salario.com.br. Esse valor corresponde a uma carga horária de 42 horas semanais. 

Na pesquisa, o site levou em consideração 1.012 salários de profissionais que foram admitidos em empresas entre dezembro de 2020 e novembro de 2021. 

O menor salário ficou em R$ 3.013,26 e o maior, o teto da profissão, em R$ 7.465,73.

Além do livro didático: as oportunidades na área de Design Educacional 

Quando falamos sobre a função de planejar materiais didáticos, é possível que apenas o livro didático apareça na sua cabeça. Porém, o designer educacional vai muito além. 

O dia a dia de um profissional da área depende muito do contexto onde ele está inserido. Ou seja, da empresa na qual trabalha. 

Em algumas empresas, esse profissional pode ser o responsável pelo processo inteiro, desde a concepção até a produção do material. Porém, em outras, ele pode contar com uma equipe. 

Dentre as principais tarefas executadas pelo designer educacional no dia a dia estão: 

  • Reuniões com clientes para iniciar ou acompanhar projetos; 
  • Redigir, adaptar ou revisar a linguagem utilizada em um material; 
  • Criar, formatar e revisar materiais em diferentes mídias; 
  • Configurar ambientes virtuais de aprendizagem. 

De maneira geral, o trabalho do designer educacional pede por um profissional que seja capaz de fazer análise de necessidades de aprendizagem de maneira sistêmica e técnica. 

Assim, ele poderá desenvolver soluções educacionais sob medida para diferentes contextos de ensino-aprendizagem.

designer educacional - homem planejando conteúdos educacionais

O que são os níveis macro e micro do design educacional? 

O trabalho do designer educacional pode ter dois níveis, ou seja, dois ambientes onde ele pode atuar. 

O primeiro deles é o nível macro, chamado também de high-level design. O segundo é chamado de low-level design e se refere ao trabalho em nível micro. 

High-level Design 

Este é o nível macro do trabalho do designer educacional. Aqui, ele trabalha de maneira geral um projeto, definindo modalidade, formato e demais características do que será criado. 

O foco do trabalho deste nível está em planejar cursos, currículos, capacitações, materiais didáticos, livros e vídeos educativos, por exemplo. 

Deste nível sai um documento chamado de projeto institucional. 

Low-level Design 

Já o low-level design é o trabalho de nível micro, mais específico. Nele, acontece o planejamento de aulas, capítulos de livros, telas, páginas ou unidades de conteúdo. 

O foco deste trabalho está na especificação de uma apostila ou material de aprendizagem. 

A formação necessária para atuar como designer educacional 

Para se tornar um designer educacional, você precisa passar pelo ensino superior. Existem diversos caminhos, porém as origens mais comuns para esse profissional são a educação e o design. 

Se você já tem experiência com a área da educação, o ideal é investir em uma pós-graduação em design educacional para aperfeiçoar conhecimentos da área. 

Sendo um profissional especializado em design educacional, você se torna apto para modernizar processos de aprendizagem e contribuir para um bom uso de tecnologias, conteúdos de apoio e técnicas de acompanhamento do estudante, por exemplo. 

Onde fazer pós-graduação em Design Educacional 

Queremos convidar você para conhecer a Pós +Carreira EAD em Design Educacional da UNIFACEX. Nossa formação proporciona múltiplas certificações, além de aceleração de carreira. 

pós-graduação EAD em Design Educacional da UNIFACEX é um curso com objetivo de especializar profissionais para lidar com as rápidas transformações do ensino no Brasil e no mundo. 

Por isso, se você tem habilidade de gerenciamento de projetos, visão analítica e criatividade, esta é uma excelente escolha para a sua carreira. 

Como dissemos, a Pós +Carreira EAD UNIFACEX tem como diferencial proporcionar múltiplas certificações. 

Isso significa que você conquista quatro certificados de extensão intermediários durante o curso e, ao final, se torna um especialista em Design Educacional. 

Não deixe de conferir todos os detalhes sobre o a pós-graduação clicando neste link. 

Conclusão 

Chegando ao final deste artigo, esperamos que você tenha conseguido entender o que é o design educacional, o que está envolvido na função e como se tornar um designer educacional. 

Leia também: 

Como colocar cursos no currículo: um guia prático 

Pós em Docência: entenda por que investir no curso 

Pedagogia Social: o que se estuda nessa Pós-Graduação? 

Afinal, qual a diferença entre MBA e pós-graduação? 

Por que fazer uma pós-graduação? Saiba mais! 

Mercado de Trabalho

Veja mais conteúdos da UNIFACEX sobre EAD e educação

Educação especial e inclusiva: saiba que é e como atuar nessa área

Você sabe o que é educação especial e inclusiva? Já pensou em trabalhar em uma área que tem o poder de transformar ...
10 min de leitura

Por que as empresas deveriam buscar profissionais neurodivergentes

Uma pessoa neurodivergente é aquela que tem um desenvolvendo neurológico atípico. Ou seja, diferente daquilo que se ...
14 min de leitura

Idadismo: o que é, estereótipos e mercado de trabalho

Dentro de tudo que reparamos em uma pessoa ao conhecê-la, a idade é uma das primeiras coisas que percebemos, não é ...
8 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Mercado de Trabalho