Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Mercado de Trabalho

Educador Físico: o que faz e quanto ganha

Ensino Superior

Gestão de RH: curso, mercado de trabalho e salário

Mercado de Trabalho

Educador Físico: o que faz e quanto ganha

Por EAD UNIFACEX em Aug 23, 2021 12:00:00 AM | 6 min de leitura

Você já pensou em se tornar educador físico? Essa é uma ótima carreira para aqueles que gostam de esportes e atividades físicas. 

O educador físico é o profissional capacitado para orientar e acompanhar diferentes perfis de pessoas na prática de exercícios físicos, identificando as melhores atividades para promover o condicionamento físico de crianças, jovens e adultos.

Esses profissionais têm um importante papel social. Afinal, a prática de exercícios impacta diretamente a qualidade de vida e longevidade da população.

Além disso, os esportes e outras atividades físicas são uma ótima forma de lazer, permitindo que as pessoas fortaleçam valores relacionados ao trabalho em equipe e a colaboração, melhorem sua autoestima e criem laços para a vida toda.

Quer saber mais sobre o educador físico? Neste artigo, vamos explicar detalhadamente o que faz esse profissional, onde pode atuar e quanto ganha. Confira!

educador-fisico  - bola de futebol em primeiro plano e alunos em roda em segunda plano

O que faz um educador físico?

O educador físico é o profissional formado em Educação Física. Ele possui conhecimentos relacionados à anatomia, fisiologia, biomecânica, modalidades esportivas e cinesiologia.

Esse profissional é responsável por orientar e acompanhar as pessoas durante a prática de exercícios físicos ou esportes. 

Sua missão é identificar as melhores práticas de acordo com os objetivos e o perfil de cada pessoa. 

Em função disso, seu público é muito variado, desde crianças em idade escolar até idosos que precisam recuperar movimentos. 

Cada pessoa precisa de um tipo e quantidade de exercício físico específicas, e o educador físico é o profissional capaz de analisar e identificar o que cada pessoa necessita. 

De acordo com OMS (Organização Mundial da Saúde), o recomendado é que adultos tenham pelo menos 150 minutos (ou seja, 2,5 horas) de atividade física moderada a vigorosa por semana. 

Já crianças e jovens até 17 anos, precisam de pelo menos 60 minutos de exercícios moderados a vigorosos por dia, de acordo com o órgão. 

Ou seja, cada público possui necessidades diferentes, o profissional de Educação Física está ali para identificar suas demandas e promover seu condicionamento físico. 

Em quais áreas um educador físico pode atuar?

Os educadores físicos encontram oportunidades de trabalho em diversos perfis de instituição, desde escolas até hospitais. 

Afinal, a necessidade de exercício físico atravessa diversos ambientes e faixas-etárias, o que faz da Educação Física uma carreira repleta de possibilidades. 

Abaixo, apresentamos as principais áreas de atuação do educador físico. Confira:

  • Aulas de Educação Física

Essa é a carreira mais tradicional dos educadores físicos. 

Os profissionais de Educação Física que cursaram licenciatura podem dar aulas para os níveis básico, fundamental e médio. 

Nessa área, seu trabalho consiste em incentivar a prática de atividade física entre crianças e jovens. 

Além disso, eles são responsáveis por apresentar as principais modalidades esportivas, explicando regras, normas e questões práticas dos jogos.

  • Prática esportiva, treinamento e performance

Os profissionais de Educação Física também encontram boas oportunidades no universo dos esportes. 

Esses profissionais podem se especializar em determinada modalidade esportiva e atuar como atletas, competindo e buscando vencer campeonatos. 

Além disso, o profissional de Educação Física também pode atuar nos “bastidores” do esporte, atuando como técnico e preparador físico de times e clubes.

Atletas de alta performance necessitam de treinos específicos para garantir seu melhor desempenho. O educador físico é o melhor profissional para realizar esse tipo de orientação.

  • Saúde e Reabilitação

Se você já passou por uma cirurgia ou uma doença em que ficou acamado por muito tempo, certamente sabe o quanto os movimentos físicos podem ser prejudicados nessas situações. 

Nesse sentido, a área da saúde e reabilitação é mais um nicho de atuação dos educadores físicos. 

Afinal, a prática de exercício físico é vital para a recuperação de alguns pacientes, sendo essencial que profissionais capacitados planejem e organizem o melhor treino possível. 

Nessa área, é comum que os profissionais de Educação Física atuem em parceria com os fisioterapeutas. 

  • Academias

Quem nunca se machucou depois de fazer um exercício da forma incorreta? Ou praticou variados tipos de exercícios e nunca alcançou os objetivos desejados? 

As academias estão investindo cada vez mais na contratação de profissionais de Educação Física para o quadro de funcionários. 

Esses profissionais são essenciais para orientar os alunos e planejar treinos específicos de acordo com seus objetivos. 

  • Lazer e Recreação

Profissionais de Educação Física também podem atuar nas áreas de recreação e lazer de hotéis, resorts e cruzeiros.

Quem atua nessa área é responsável tanto por executar as atividades de lazer quanto por planejá-las.

  • Gestão

Os diplomados em Educação Física também podem atuar na gestão de espaços e projetos relacionados à prática de exercício físico e esportes. 

Esses profissionais podem trabalhar com empresas privadas e públicas, elaborando e executando programas de combate ao sedentarismo e de incentivo à prática de atividades físicas.

educador-fisico-quanto-ganha - mulher se exercitando e professor ao lado acompanhando

Quanta ganha um educador físico?

O salário dos educadores físicos varia de acordo com a área de atuação e nível de experiência e especialização do profissional. 

De acordo com o site Vagas, no cargo de educador físico se inicia ganhando R$ 1.643 de salário e pode vir a ganhar até R$ 3.613.  A média salarial é de R$ 2.490.

O site Glassdoor aponta para valores semelhantes. De acordo com o portal, o salário médio de um profissional de Educação Física é de R$ 2.359 no Brasil. 

Abaixo, trazemos ainda os valores levantados pelo portal Educa Mais Brasil, que apresenta as remunerações de acordo com o porte de empresa e o nível de hierarquico do profissional:

Trainee: R$ 1.116,50 a R$ 1.886,89

Junior: R$ 1.395,62 a R$ 2.358,61

Pleno: R$ 1.744,53 a R$ 2.948,26

Sensor: R$ 2.180,66 a R$ 3.685,33

Master: R$ 2.725,83 a R$ 4.606,66

Qual faculdade fazer para se tornar educador físico?

Para se tornar educador físico, deve-se cursar a faculdade Educação Física. 

A graduação em Educação Física é oferecida em modalidades de bacharelado e licenciatura

A licenciatura é voltada para aqueles que desejam trabalhar com a docência de crianças, adolescentes e adultos em instituições de ensino diversas.

A grade curricular da licenciatura conta com disciplinas como didática, psicopedagogia e ensino da educação física, além das específicas como fisiologia do corpo humano, danças, esportes e recreação, controle motor, desenvolvimento corporal, entre outras.

Já o bacharelado, é voltado àqueles que querem atuar como personal trainer, treinadores de equipes amadoras ou profissionais, com reabilitação, pessoas com necessidades especiais, entre outras áreas. 

Assim, o bacharelado conta com mais disciplinas voltadas a estes aspectos, se aprofundando sobre os esportes, as práticas e a fisiologia e anatomia do corpo.

A graduação em Educação Física, tanto formato bacharelado quanto licenciatura, tem duração média de quatro anos.

Durante esse tempo, além de cursar as disciplinas, os estudantes também devem realizar estágios obrigatórios e entregar o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre a carreira de educador físico, explicando o que faz e quanto ganha esse profissional.  

Se você se interessa pelo curso, venha conhecer a graduação em Educação Física Semipresencial do Unifacex. 

O curso de Educação Física semipresencial conta com aulas teóricas online para o aluno acessar nos dias e horários que preferir e encontros presenciais e práticos para aprofundar conhecimentos.

Não perca tempo e comece hoje mesmo seus estudos!

Mercado de Trabalho

Veja mais conteúdos da UNIFACEX sobre EAD e educação

Educação especial e inclusiva: saiba que é e como atuar nessa área

Você sabe o que é educação especial e inclusiva? Já pensou em trabalhar em uma área que tem o poder de transformar ...
10 min de leitura

Por que as empresas deveriam buscar profissionais neurodivergentes

Uma pessoa neurodivergente é aquela que tem um desenvolvendo neurológico atípico. Ou seja, diferente daquilo que se ...
14 min de leitura

O que faz um designer educacional e como seguir carreira na área

Você já ouviu falar na profissão de designer educacional? Este é o profissional que desenha e aprimora estruturas de ...
12 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Mercado de Trabalho