Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Cursos

Engenharia de produção online: grade curricular, carreira e salário

Ensino Superior

Gestão de RH: curso, mercado de trabalho e salário

Cursos

Engenharia de produção online: grade curricular, carreira e salário

Por EAD UNIFACEX em Nov 17, 2021 12:46:29 PM | 26 min de leitura

O Engenheiro de Produção é requisitado em quase todas as áreas do mercado. Da indústria ao setor de serviços, grandes e médias empresas contam com este profissional em seu quadro estratégico. 

É ele que vai colocar a linha de produção em ordem e garantir a qualidade dos bens ou serviços disponibilizados pela empresa. 

Mas você sabe quais são as atribuições da Engenharia de Produção? Acompanhe este artigo para ter uma ideia de como é o curso e do que te espera no mercado de trabalho! 

Ainda em dúvida sobre qual graduação combina mais com você? Siga este checklist para facilitar sua busca. 

O que é engenharia de produção?

O que faz um engenheiro de produção?

Onde um engenheiro de produção pode trabalhar?

Quanto ganha um engenheiro de produção?

Como é a grade curricular da graduação em engenharia da produção?

Como funciona o estágio?

Bolsas de estudo para fazer o curso de engenharia de produção

 

O que é engenharia de produção? 

Engenharia de Produção é uma área da engenharia responsável pelo estudo e pela gestão dos sistemas e etapas que compõem uma linha de produção.  

É papel do engenheiro de Produção entender e otimizar o processo de desenvolvimento do produto ou serviço oferecido pela empresa onde está inserido.  

Com isso, seu foco está na produtividade e não, necessariamente, na fabricação do produto ou do serviço em si. 

As atividades que o engenheiro ou engenheira de produção pode desenvolver são variadas e falaremos mais sobre elas a seguir. 

 engenharia-de-producao-grade-curricular-carreira-e-salario-Mulher negra utiliza uma calculadora, em frente a uma mesa com um bloco de anotações e uma folha com algumas ilustrações técnicas.

 

O que faz um engenheiro de produção?

A variar conforme o setor em que atua, o bacharel em Engenharia de Produção pode desempenhar as seguintes atividades: 

Engenharia de Operações e Processos da Produção: projetar, operar e aplicar melhorias nos sistemas de fabricação/produção da empresa.  

Logística: fazer a gestão eficiente do transporte, da movimentação, do estoque e do armazenamento de insumos e produtos, com objetivo de reduzir custos, garantir a disponibilidade do produto, assim como garantir os níveis de qualidade exigidos pelos clientes. 

Pesquisa Operacional: resolver problemas reais por meio de modelos matemáticos. Consiste na aplicação de métodos científicos como lógica matemática, simulação, análise de redes, teoria de filas e teoria dos jogos, em geral a partir de processadores de dados. 

Engenharia da Qualidade: planejar, projetar e controlar os sistemas de gestão da qualidade do produto ou do serviço desenvolvido pela empresa. 

Engenharia do Produto: operar ferramentas e processos de projeto, planejamento, organização, decisão e execução na área de desenvolvimento de novos produtos. 

Engenharia Econômica: analisar resultados econômicos, avaliar cenários e alternativas e tomar decisões que impactam o negócio.  

Engenharia do Trabalho: fazer a gestão dos sistemas e ambientes de trabalho, tendo em vista as necessidades e habilidades dos colaboradores, visando a melhor qualidade e produtividade, bem como a preservação da saúde física das equipes. 

Atribuições da área: 

  • Projeto e Organização do Trabalho 
  • Ergonomia 
  • Sistemas de Gestão de Higiene e Segurança do Trabalho 
  • Gestão de Riscos de Acidentes do Trabalho 

Engenharia da Sustentabilidade: garantir o uso adequado dos recursos naturais envolvidos nos diversos sistemas produtivos da empresa.  

Também é sua responsabilidade dar a destino e o tratamento corretos aos resíduos e efluentes da produção, bem como implantar um sistema de gestão ambiental e de responsabilidade social dentro do negócio.  

Educação em Engenharia de Produção: o engenheiro de produção também pode atuar como docente na educação superior em engenharia (graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão) e suas áreas afins. 

 o-que-faz-um-engenheiro-de-producao-Pessoas fazem anotações em folhas dispostas sobre uma mesa grande, onde estão um notebook e um capacete branco.

 

Onde um engenheiro de produção pode trabalhar?

Segundo a Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO), os principais setores que empregam engenheiros de produção são: 

  • Indústrias de automóveis, de eletrodomésticos, de equipamentos, entre outras. 
  • Empresas de serviços, tais como: transporte aéreo, transporte marítimo, construção, consultoria em qualidade, hospitais, entre outros. 
  • Instituições e empresas públicas, tais como: Correios, Petrobras, Agência Nacional de Energia, Agência Nacional de Petróleo, BNDES, entre outras. 
  • Empresas privadas de petróleo, usinas de açúcar, empresas de telefonia, agroindústrias, indústrias de alimentos, bancos (parte operacional), seguradoras e fundos de pensão. 
  • Bancos de investimento (na análise de investimentos). 

Confira as diferentes áreas empresariais onde o engenheiro de produção pode atuar: 

Área de design de produto: projetação, planejamento e detalhamento do sistema de montagem e fabricação.   

Área de operações: distribuição dos produtos, controle de suprimentos. 

Área de planejamento: planejamento estratégico de produção. 

Área financeira: controle financeiro, controle dos custos, análise de investimentos. 

Área de logística: planejamento da produção e da distribuição de produtos. 

Área de marketing: planejamento do produto, análise de mercados a serem atendidos, análise de performance. 

 

Quanto ganha um engenheiro de produção? 

O salário varia conforme o nível de experiência e o porte da empresa contratante, mas as faixas salariais mais recorrentes na Engenharia de Produção são as seguintes: 

Nível Júnior: R$ 3.500 – R$ 6.000 

Nível Pleno: R$ 4.400 – R$ 7.500 

Nível Sênior: R$ 5.500 – R$ 9.300 

 quanto-ganha-um-engenheiro-de-producao-Mulher loira de capacete laranja, com uma pasta e uma bolsa de projeto nas mãos, olha para o horizonte e sorri em frente a um prédio envidraçado.

 

Como é a grade curricular da graduação em engenharia da produção?   

No começo do curso de Engenharia de Produção, assim como nos demais cursos de engenharia, os estudantes são apresentados às matérias básicas da área, como MatemáticaFísicaQuímica e Computação. 

Depois das disciplinas introdutórias, o curso começa a especializar-se, trazendo as disciplinas relacionadas à atuação do engenheiro de produção, tais como:  

  • Pesquisa Operacional;
  • Planejamento e Controle da Produção;
  • Logística;
  • Gestão de Projetos;
  • Planejamento Estratégico;
  • Gestão da Qualidade;
  • Engenharia da Sustentabilidade.

 

Confira a grade curricular do curso de Engenharia de Produção Semipresencial do UNIFACEX: 

 

1º Semestre 

 

MÓDULO 1 

DI | Matemática | 60 HORAS 

DI | Ciência, Sociedade e Cultura | 60 HORAS 

PIEX | Projeto Integrador: Inteligência Criativa para Resolução de Problemas | 30 HORAS 

 

MÓDULO 2 

DI | Introdução à Engenharia | 80 HORAS 

DI | Metodologia científica | 80 HORAS 

PIEX | Projeto Integrador Extensionista | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 350 HORAS 

Duração do curso de engenharia de produção (h3)  

 

2º Semestre 

 

MÓDULO 3 

DI | Algoritmos e cálculo numérico | 80 HORAS 

DI | Ciência e tecnologia dos materiais | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 4 

DI | Expressão Gráfica | 80 HORAS 

DI | Projeto auxiliado por computador em 2D | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

3º Semestre 

 

MÓDULO 5 

DI | Física: estática e dinâmica | 80 HORAS 

DI | Geometria analítica e álgebra linear | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 6 

DI | Cálculo diferencial e integral | 80 HORAS 

DI | Química tecnológica | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

4º Semestre 

 

MÓDULO 7 

DI | Física: eletricidade, óptica e termodinâmica | 80 HORAS 

DI | Estatística e probabilidade | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 8 

DI | Circuitos Elétricos | 80 HORAS 

DI | Equações diferenciais e séries | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

5º Semestre 

 

MÓDULO 9  

DI | Gestão Ambiental | 80 HORAS 

DI | Fenômeno de Transporte | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 10 

DI | Resistência dos Materais | 80 HORAS 

DI | Pesquisa Operacional | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

6º Semestre 

 

MÓDULO 11 

Materiais de Construção Mecânica | 80 HORAS 

Sistemas de Produção | 80 HORAS 

Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 12 

Gestão da tecnologia e sistemas de informação gerenciais | 80 HORAS 

Planejamento e Controle de Produção | 80 HORAS 

Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

7º Semestre 

 

MÓDULO 13 

DI | Engenharia de Qualidade, Normalização e Certificação | 80 HORAS 

DI | Metodologia e Desenho Assistido por Computador | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 14 

DI | Gestão de Custos Industriais | 80 HORAS 

DI | Engenharia de manutenção e confiabilidade | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

8º Semestre 

 

MÓDULO 15 

DI | Comportamento Organizacional | 80 HORAS 

DI | Engenharia de Produto | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 16 

DI | Engenharia de Métodos | 80 HORAS 

DI | Automação Industrial e Sistemas de Manufatura | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

9º Semestre 

 

MÓDULO 17 

DI | Gestão de Projetos | 80 HORAS 

DI | Logística e Suprimento | 80 HORAS 

 

MÓDULO 18 

DI | Processos de Fabricação | 80 HORAS 

DI | Higiene e segurança do trabalho | 80 HORAS 

ESTÁGIO | Estágio supervisionado I | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 360 HORAS 

 

10º Semestre 

 

MÓDULO 19 

DI | Geometria Analítica e Álgebra Linear | 80 HORAS 

DI | Projeto de Fábrica e Layout | 80 HORAS 

 

MÓDULO 20 

TCC | Trabalho de Conclusão de Curso | 80 HORAS 

ESTÁGIO | Estágio supervisionado II | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 280 HORAS 

 

Obs.: A matriz curricular poderá ser alterada a qualquer momento. 

 como-e-a-grade-curricular-da-engenharia-de-producao-Mulher negra digita códigos em notebook, com um café, um óculos e o celular carregando sobre a mesa.

 

Como funciona o estágio? 

O estágio é realizado em alguma empresa ou indústria parceira da instituição de ensino. 

Por definição do MEC, o período trabalhado não precisa ser remunerado, a não ser que o estudante seja contratado neste modelo pela empresa em questão.  

O estagiário é avaliado ao longo da experiência de trabalho e pode ser aprovado ou reprovado conforme a sua atuação. 

A avaliação da disciplina consiste no relatório final do estágio, onde o professor responsável e o empregador avaliam o desempenho do estudante. 

No UNIFACEX, o estágio obrigatório ocorre nos semestres finais da faculdade. Mas o estudante pode antecipar as cadeiras caso já esteja fazendo o estágio antes do décimo semestre. 

 

Bolsas de estudo para fazer o curso de engenharia de produção 

Você pode conquistar uma bolsa de estudos direto com a faculdade ou por meio do ProUni, programa de incentivo do governo federal que concede bolsas a estudantes da rede pública de ensino. 

Saiba mais sobre como funciona o ProUni. 

Mas no UNIFACEX, você tem quatro modalidades de bolsas de estudos exclusivas esperando por você.  

Com a nota do Enem, pode garantir até 100% de desconto na mensalidade, por exemplo! Clique abaixo para ficar por dentro de todas as possibilidades. 

Conheça as bolsas do UNIFACEX. 

 bolsas-de-estudo-para-fazer-o-curso-de-engenharia-de-producao

 

UNIFACEX já recebeu duas vezes o reconhecimento de melhor centro universitário do Brasil pelo MEC.  

Nossos cursos EAD e semipresenciais têm qualidade igual à do presencial, com conteúdos exclusivos feitos por professores mestres e doutores. 

Que tal iniciar sua jornada no mundo da Engenharia de Produção em uma instituição reconhecida pela qualidade em graduações EAD? 

Com a facilidade das aulas remotas, você pode estudar de onde quiser! 

Conheça o curso online semipresencial em Engenharia de Produção do UNIFACEX e inscreva-se. 

Fale com a gente

 

Em dúvida sobre como colocar seus cursos no currículo? Confira as dicas que reunimos neste guia! 

Cursos

Veja mais conteúdos da UNIFACEX sobre EAD e educação

Logo, logo, você poderá fazer uma faculdade de Direito online

Para muitos estudantes, cursar faculdade de Direito sempre pareceu um sonho distante. 
7 min de leitura

O que faz um gestor comercial e o que é preciso para atuar na área

O gestor comercial é o profissional responsável por acompanhar a qualidade, a produtividade e a competitividade da ...
23 min de leitura

Curso de Direitos Humanos: tudo o que você precisa saber

Você já pensou em fazer um curso de Direitos Humanos?
7 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Cursos